sábado, 22 de agosto de 2009

Fernando Pessoa não mentia

Sem entrar em detalhes, direi, em minha modesta opinião, que toda a gente escreve com sentimento, mesmo a lista de compras. Mais ou menos sentimento, pouco importa e duvido que alguém saiba distinguir o muito do pouco sentimento. É que sentir e pensar são indissociáveis ao ponto de não haver fronteira entre um e outro. Somos capazes de pensar o que sentimos e de sentir o que pensamos.
Em certo sentido poder-se-á dizer que quem mais/menos diz que sente é quem mais mente.
Fernando Pessoa não mentia.

3 comentários:

JAIRCLOPES disse...

Genial! Até "lista de compras"!! Tenho certeza que o sentimento está sempre na ponta dos dedos de quem escreve, só não tinha conseguido externar como você o fez muito bem. Parabéns!

007BONDeblog disse...

Carlos

Bom dia.

Fernando Pessoa não mentia, "é verdade", por isso passo aqui e sempre encontro, suas matérias escritas com sentimento.

Um fraterno abraço

Djabal disse...

Concordo com esse pensamento. Somos capazes de sentir o que pensamos e vice-versa. Mas nem todos conseguem seguir a linha estreita do próprio pensamento, e neste sentido, Pessoa não mentia. Seguia cada pensamento de seu verso, ainda que se valesse de vários eus. Foi criativo e verdadeiro. Inovadora reflexão. Abraços.