sábado, 20 de novembro de 2010

Herói de mim




Viagem de imaginar
A vida
Do estreito recomeço
Ao cabo esqueço
Em_____barco  
Nave despojada
Em qualquer sítio
O mar
Se for embora
Os piratas também
Espectro das descobertas
Descobrir o além
Do fim
E ser herói
De mim.



2 comentários:

Djabal disse...

"A ressurreição é coisa muito natural; nascer duas vezes não é mais assombroso do que uma."

Tere Tavares disse...

Salvar-se. Eis uma porção de ar necessária. E é mesmo preciso ser herói da própria vida.