terça-feira, 17 de novembro de 2015

Ainda o encanto


Ainda as tuas mãos
ainda a tua voz
ainda o jeito sagrado
de seres profana
como nós.


Sem comentários: